Entrar

Acesse sua conta de usuário

Usuário
Senha *
Lembrar de mim

Sampaio me deve R$12.000,00 e não posso trabalhar sem receber, disse Fernandinho ao GE/MA

Publicado em Noticias

O meia Fernandinho não deve mais vestir a camisa do Sampaio Corrêa nesta temporada. Alegando salários atrasados, o jogador diz ter entrado judicialmente contra o clube requerendo quebra contratual.

Em contato com o GloboEsporte.com, o jogador revelou que o Sampaio deixou de pagar três meses de salários. Fernandinho chega inclusive a revelar os valores.

– A decisão judicial está programada para sair no próximo dia 29 (fevereiro). O Sampaio me deve três meses de salário e não posso trabalhar sem receber. Por isso estou fazendo isso. No total dos três meses o valor é 12 mil reais – revelou.

Fernandinho também adiantou que já tem um acerto verbal com o Atlético-PR e inclusive vem treinando em um grupo a parte. O jogador conta que já está no clube paranaense há uma semana.

– Estou no Paraná desde a última sexta-feira. Venho treinando em grupo a parte, pois ainda não assinei contrato. Estou aguardando resolver a questão judicial contra o Sampaio para assinar com o Atlético-PR – finalizou.

A reportagem do GloboEsporte.com procurou o Sampaio, que por meio de sua assessoria informou que as ausências do jogador durante esta semana são em virtude de problemas pessoais. O clube confirmou que o jogador não comparece desde a última sexta-feira. Quanto a questão de salários atrasados, a assessoria informou que o clube irá divulgar uma nota, nesta sexta-feira, após consulta ao seu Departamento Jurídico.
O meia realizou quatro jogos como profissional, sendo três após a Copinha 2016, onde marcou dois gols. No mesmo ano, no Maranhense sub-17 foi artilheiro da competição com 13 gols. Fernandinho tem contrato com o Sampaio até dezembro de 2017.

DO GE/MA

Nosso Público

Deixe Aqui Seu Comentario

Denuncia